quarta-feira, 13 de abril de 2011

ESTILOS LÉSBICOS

ESTAVA K EU PENSANDO SOBRE NOSSOS ESTILOS E VEJA A CONCLUSÃO QUE CHEGUE


Agora que você é lésbica e está livre das amarras dessa sociedade machista, pode fazer um moicano, pintar o cabelo de roxo e sair pelas ruas cantando Biscate Caminhão . Mas por que você mudaria sua aparência agora? E o que você mudaria?



[Hora do depoimento pessoal]

6 anos atrás eu comecei a pensar na possibilidade de cortar meu cabelo curto. Meu cabelo era longo, com franja, preto e selvagem (rawr). Olhava para mim e pensava que eu podia ser a quinta integrante dos Ramones ou uma lésbica militante dos anos 80.



Até pesquisava uns cortes curto, mas eu decidi esperar mais um tempo. Um ano depois, eu estava no auge da minha irritição de ficar no armário cheirando mofo. Basicamente ninguém que eu conhecia sabia que eu era lésbica, por mais que eu tentasse não disfarçar.

Então eu, finalmente, decidi cortar a crina fora com o objetivo de dar pinta.



Não me entendam mal, eu levei em consideração meu formato de rosto, o tipo do meu cabelo, o mito da praticidade de ter cabelo curto, etc, etc. Não cortei exclusivamente para dar pinta, mas digamos que a falta de oxigênio no armário foi o estopim.

Como resultado eu não consegui que nenhum amigo meu percebesse por conta que eu era lésbica, mesmo porque a maioria das mulheres de cabelo curto são heteros.
MAS CONFESSO MEU CABELO ESTA ENORME AGORA ACHO QUE COMBINA MAIS COM O MEU LADO LÉSBICA VEJA AI SEU ESTILO
Entretanto, depois de cortar o cabelo eu comecei a receber alguns olhares de reconhecimento do tipo “ah, você é lésbica também, né?” de desconhecidas.




Contei essa história para exemplificar um dos motivos do enlesbianamento: reconhecimento como lésbica. Você pode informar para uma lésbica não pintosa e sem gaydar que você está alí. E heteros são muito bobinhos, você pode dar uma enlesbianada sem cair no radar deles.

Ah, claro, o fator liberdade também é outro motivo para o enlesbianamento. Você já queria ter aquele look e agora está livre para tê-lo.




Mas, DANDAN, o que eu posso fazer para enlesbianar?

Se você pensa que enlesbianamento é a mesma coisa de virar butch, você está enganadíssima. Você pode continuar sendo feminina sendo mais lésbica! Algumas dicas:


CABELO

Você pode cortá-lo curto, ou pintar de uma cor não-natural (roxo, laranja). Às vezes, só o fato de você desfiá-lo bem já torna seu cabelo lésbico. Sem contar os cortes indies e mullets que dão mais pinta do que sair por aí com uma camiseta “eu fui no show da Ana Carolina, e daí?”



///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\


ROUPA

Quanto mais estilosa, mais pinta vai dar. Um look lésbico cláááássico é uma camiseta branca com uma camisa xadrez por cima e calça jeans (como sempre). Só lenhadores e lésbicas usam xadrez dessa forma. Mas xadrez é por si só é lésbico também.
Roupas mais folgadas dão pinta também (não estou falando de roupa acima do seu número, hein!).
Usar peças masculinas como gravatas, suspensórios, chapéus é lésbico também.
E eu não posso esquecer da universalmente conhecida regata (tanquinho, top, sei lá).



///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\


ACESSÓRIOS

O acessório que eu mais vejo em lésbicas é anel. Rola toda uma ligação com dedos, nén? Atente para o famoso anel no dedão que é tido como um sinal de que a mulher é lésbica.

Pierciengs também podem ser lésbicos, mas cuidado com a localização. Umbigo: piriguete. No meio do nariz ou no lábio: lésbica. Orelha não quer dizer nada.

Além disso tem o cinto da imagem ao lado, bem usado.

E não esqueçam do alargador!!! E dos óculos de sol!!! E dos headphones!!!



Deus, lésbicas amam acessórios…

///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\



TATUAGEM

Já li e me contaram que tatuagem de borboleta é um símbolo lésbico porque representa a transformação e blablabla. Mas tem tanta piriguete por aí com tatuagem de borboleta que para mim perdeu qualquer significado.

Estrela náutica no pulso funciona melhor como símbolo. Lâmbida, ou aquele machado de dois lados lá são símbolos, mas eu acho que ninguém faria uma tatuagem com eles (só a Corky).



Ah, sim, se você tatuar uma pin-up pegando uma gueixa no seu braço, você vai gritar lésbica a léguas de distância (omg, trava-língua sem sentido: repita dez vezes “lésbica a léguas”). Tem uma conhecida minha que tatuou Shimizu e Nagisa de Strawberry Panic quase se beijando no braço.



///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\///\\\

COMBO

Imagine juntar tudo o que eu falei no post. Você acha que ficaria excessivo? Feio?Muito masculino? Então conheça Ruby Rose, a lésbica mais estilosa que eu não conheço ainda:





Roupa? Check. Cabelo? Check. Acessórios? Check. Tatuagem? Check.

Você não tem mais desculpas para não se enlesbianar também!

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Muito Obrigada flor mas não peguei de seu site :P peninha néh este post foi pego e traduzido de um site americano mas valeu bjinhu

    ResponderExcluir
  4. sou homem e namoro uma solteirona,,55 anos,,,usa all star,,,anel no dedao, tatuagem de um raio um apache e escorpiao,,,nao gosta de fazer muito sexo super fria nao usa maquiagem,,e adora caes,,,em exagero,,,desconfio que ela e bisexual..Me ajudem

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Hoje estou usando, xadrez azul fechada com as mangas arregaçadas, jeans e um tênis, com óculos de sol, tudo oque você me ensinou, vlw mesmo <3

    ResponderExcluir
  7. Gente esse lance do anel é sério?
    Adoro usar anel nesse dedo e não me enquadro.

    ResponderExcluir